15 documentários online para debater racismo, machismo, islamofobia e LGBTfobia

leia no original:

15 documentários online para debater racismo, machismo, islamofobia e LGBTfobia

A igualdade, direito básico dentro dos Direitos Humanos, é um tema intensamente debatido hoje, e não é para menos. Basta olhar os veículos de comunicação e até mesmo as redes sociais para se deparar com notícias, textos, relatos e comentários sobre casos de racismo, islamofobia, machismo e LGBTfobia que acontecem diariamente no Brasil e no mundo.

Como você deve saber, os vestibulares e o Enem estão alinhados com a realidade na qual vivemos, e costumam abordar regularmente a questão da diversidade sexual e da igualdade racial, religiosa e de gênero – lembra-se da proposta de redação do Enem 2015?

Existem muitos documentários e mini-documentários ótimos para ajudar você a entender e construir argumentos sobre questões que envolvem preconceitos. Aqui, você encontra alguns dos documentários mais legais que estão disponíveis principalmente no Youtube e na Netflix. Vamos lá!

Malala-Martin-Luther-King-Simone-Beauvoir-Ru-Paul


RACISMO
A História do Racismo (Racism: A History, 2007)
Produzido e realizado pela British Broadcasting Corporation (BBC), o documentário possui três partes e aborda o legado deixado pelo racismo e pelo escravismo ao longo dos séculos.
Disponível completo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=0NQz2mbaAnc

Olhos azuis (The Eye of the Storm, 1968)
Com quase 50 anos de existência, Olhos Azuis continua a ser um documentário atual e impactante. Ele acompanha a socióloga americana Jane Elliot, que realiza um experimento no qual pessoas de olhos azuis são taxadas como uma raça inferior e passam a sentir um pouco do que os negros americanos sofrem diariamente.
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=AeiXBLAlLpQ

Você faz a diferença (2005)
Dirigido por Miriam Chnaiderman, reúne depoimentos de alunos, professores e pessoas que foram coagidas e humilhadas por conta de sua etnia ou condição social.
Disponível em: http://curtadoc.tv/curta/comportamento/voce-faz-a-diferenca/

Saiba mais:
Escravidão: dez passos para a liberdade
A história do movimento negro no Brasil

 

ISLAMOFOBIA
Somos Franceses (D’ailleurs nous sommes français, 2013)
Qual o conceito de identidade nacional? Somos Franceses discute a questão a partir do ponto de vista de franceses de origens estrangeiras que não são reconhecidos como cidadãos da França. A partir de questões como discriminação e islamofobia, o documentário revela diversas perspectivas da França atual.
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=hkVmgX5r8xo

Islã: Impérío da Fé (Islam: Empire of Faith, 2000)
Para criar uma opinião sobre algo, é preciso conhecê-lo antes. O documentário Islã: Império da Fé, produzido pela Public Broadcasting Servise (PBS)  é dividido em três partes e narra detalhadamente a história da religião Islã desde o nascimento do profeta islâmico Maomé até o Império Otomano. O primeiro episódio é sobre a vida de Maomé, o segundo sobre os califados, as cruzadas e a invasão mongol, e o terceiro sobre o Império Otomano e a dinastia Safávida.
Disponível em:
Parte 1 – https://www.youtube.com/watch?v=VP2CHeEeffo
Parte 2 – https://www.youtube.com/watch?v=gCd2aucwML4
Parte 3 – https://www.youtube.com/watch?v=vJoq_d7hGog
Completo em inglês: https://www.youtube.com/watch?v=UHhbSvOcz4g

Tears of Gaza (2010)
O documentário norueguês revela a realidade da guerra na faixa de Gaza, antes de depois do cessar-fogo, por meio do olhar de três crianças palestinas. O longa também mostra o dia-a-dia de mulheres e crianças, maioria sem casas decentes, dinheiro, comida, água e eletricidade.
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=6LMAF1z4RiE

Saiba mais:
Desfazendo a confusão entre islamismo e terrorismo

 

DESIGUALDADE DE GÊNERO E VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER
Lei Mulher (2010)
O curta revela o Brasil como pioneiro na criação de uma lei para a mulher, a Lei Maria da Penha, e reúne relatos de mulheres vítimas de violência sexual, moral ou psicológica.
Disponível em: http://curtadoc.tv/curta/direitos-humanos/lei-da-mulher/

Girl Rising (2013)
Conta as histórias de nove meninas de 7 a 16 anos que vivem em países pobres e enfrentam implacáveis circunstâncias para conseguir acesso à educação. No documentário você conhece garotas surpreendentes como a etíope Azmera, que se recusou a casar aos 13 anos, e a haitiana Wadley, de 7 anos, que mesmo rejeitada pelos professores volta à escola todos os dias para exigir seu direito de estudar.
Disponível na Netflix.

She’s Beautiful When She’s Angry (2014)
Se você quer entender o atual movimento à favor da igualdade de direitos entre homens e mulheres, precisa entender como esse movimento nasceu. She’s Beautiful When She’s Angry revela como as mulheres começaram a lutar pelos seus direitos entre 1966 e 1971 e conta as histórias de mulheres corajosas por trás da mobilização.
Disponível na Netflix.

Saiba mais:
O que é cultura do estupro?
Como as mulheres conseguiram o direito de voto?

 

LGBTfobia
Mundo dos transgêneros – Direitos pelo mundo (2015)
Você sabia que quase a metade dos jovens transgêneros na Inglaterra cometem suicídio? Produzido pela Globo News, Mundo dos Transgêneros discute sobre a vida de quem se identifica com o gênero oposto ao seu gênero biológico e aborda diversas questões relacionadas à forma como pessoas trans são vistas no Brasil e no mundo.
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=9yCXY5vv9OY

(Trans)fobias (2014)
O curta dá voz aos transgêneros e transexuais brasileiros, que contam como é ser trans no Brasil, quais situações eles já viveram e os maiores desafios que eles enfrentam todos os dias.
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=VoLSV2_0Gwg

Game Face (2015)
Ser esportista e LGBT não é simples. Game Face ilustra essa situação ao acompanhar duas figuras da comunidade LGBT que batalham pela aceitação em suas modalidades esportivas: a lutadora transexual de MMA Fallon Fox e o jogador homossexual de basquete Terrence Clemens.
Disponível na Netflix.

O Segredo dos Lírios (2012)
No curta, três mulheres brasileiras contam com sensibilidade e sinceridade a relação delas com as filhas lésbicas e o processo de aceitação da sexualidade das mesmas.
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=t4vW_I-G9c0

Outrage (2009)
Imagine descobrir que figuras políticas abertamente contrárias às leis que beneficiem a comunidade LGBT sejam secretamente homo ou bissexuais. Essa hipocrisia existe e é abordada em Outrage, que discute sobre políticos norte-americanos e o comportamento da mídia em relação a isso.
Disponível na Netflix.

O Círculo (2014)
Híbrido entre documentário e drama, O Círculo retrata o romance entre o professor Ernst Ostertag e a drag queen Röbi Rapp no início da década de 40. Os dois se conhecem no Der Kreis, única organização gay que sobreviveu ao regime nazista. Mas Ernst se sente dividido entre o medo de perder seu emprego por fugir dos padrões da vida burguesa ou seu compromisso com a homossexualidade.
Disponível na Netflix.

Saiba mais:
Homofobia: o preconceito e a luta por igualdade de direitos
A história da homossexualidade e a luta pela igualdade
O que é homofobia e como ela tem sido tratada no Congresso Brasileiro?

 

Lets-Stop-Hating

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s